As maiores loucuras e curiosidades da história da música

Fabiano Alcântara

Por

Atualizado em 20/04/2016

Tim Maia, Gene Simmons e Paul McCartney

Tim Maia, Gene Simmons e Paul McCartney

O Emerson Lake And Palmer levou 63 roadies para sua turnê em 1977; Pete Townshend destruiu 90 guitarras em sua carreira na banda The Who; a batida eletrônica original de Blue Monday, hit do New Order, se perdeu após uma queda de energia.

Quem não gosta de saber bochichos sobre seus ídolos da música, como o drink preferido e em que circunstância um clássico foi composto? Alguns trabalharam em profissões bem esquisitas antes da fama e outros mudaram de ramo completamente após ter experimentado o gosto do sucesso.

Nosso levantamento foi de Tim Maia, a Prince, passando por Lemmy Kilmister, Hermeto PascoalGene Simmons e Paul McCartney. Se você acha que manja muito, considere-se desafiado.

Loucuras e curiosidades da música que você não conhece

1 de 20
Compartilhe Twitter Google +

Eu não ando só

Ícone do rock progressivo, o trio Emerson Lake And Palmer levou 63 roadies para sua turnê em 1977. Entre eles, estaria o instrutor de karatê do baterista Carl Palmer e um cara para cuidar do tapete persa que eles levavam para os palcos.

Créditos: Divulgação

Quebra tudo

O mítico Pete Townshend destruiu 90 guitarras em sua carreira no Who, incluindo, pelo menos, 23 Fender Stratocasters, 12 Gibson Les Pauls e 21 Gibson SGs. Pô, dá umas guitas pra gente.

Créditos:

Atleta

Tim Maia, segundo Nelson Motta conta em Vale Tudo, biografia do Síndico, curtia ficar doidão fazendo triathlon, que consistia na mistura de whisky, maconha e cocaína.

Créditos: Reprodução/Facebook

Mata no peito e sai tocando

Prince tocou 27 instrumentos em For You, seu disco de estreia. Aos 16 anos, ele já era multi-instrumentista.

Créditos: Getty Images

AKA

Entre os pseudônimos que Paul McCartney usou em sua carreira estão: Paul Ramone, Bernard Webb, A Smith, Apollo C Vermouth, Country Hams, Percy 'Thrills' Thrillington e The Fireman.

Créditos: Getty Images

Contra aquela dor punk

O baterista do Clash, Terry Chimes, após ser curado pelo quiroprata do Black Sabbath, ao excursionar com a banda em 1987/88, passou a se dedicar à quiropraxia, profissão profissão da saúde que lida com o diagnóstico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético.

Créditos: Getty Images

Lemmy Kilmister (Motörhead)

Créditos: reproducao

Camaleão na pele

David Bowie tinha um camaleão tatuado no tornozelo.

Créditos: Getty Images

Panela velha

Aos 62 anos, Louis Armstrong se tornou o artista mais velho a se tornar número um nas paradas dos Estados Unidos. Quatro anos depois, Satchmo também liderou a para inglesa quando What A Wonderful World estourou.

Créditos:

Axl Rose

A letra de Sweet Child O' Mine veio de um poema que Axl Rose escreveu para Erin Everly, filha de Don Everly, do Everly Brothers. Eles se casaram em 1990 e se divorciaram um mês depois.

Créditos: Getty Images

Ops

A programação de bateria eletrônica do maior sucesso do New Order, Blue Monday, teve de ser refeita após uma queda de energia. A banda disse que a primeira versão estava melhor.

Créditos:

Pink Floyd

O Pink Floyd teve vários nomes antes de adotar o que o consagrou: Tea Set, Sigma 6, The Screaming Abdabs and Leonard's Lodgers.

Créditos: divulgacao

Beszélsz magyarul?

Gene Simmons sabe falar húngaro.

Créditos:

Calendário

No tempo em que foi governador do Texas, George W Bush instituiu o 15 de maior como o ZZ Top Day.

Créditos:

Give it away

Na juventude, Anthony Kiedis, do Red Hot Chili Peppers trabalhou como babysitter e teve Cher e Sonny Bono entre seus clientes.

Créditos: divulgacao

Meça seus palavrões

Le Freak, do Chic, se chamava originalmente Fuck Off.

Créditos: Getty Images

Marvin Gaye eDiana Ross

O disco de duetos de Diana Ross e Marvin Gaye foi gravado quase que toralmente separados. Grávida, Ross teria optado por ficar longe da fumaça dos baseados de Gaye.

Créditos:

Aqui é trabalho

Entre 1948 e 1960, a lenda do blues John Lee Hooker lançou mais de cem singles.

Créditos:

Sem cheiro

Stevie Wonder perdeu parte do olfato após um acidente de carro em 1973.

Créditos: Getty Images

Hermerto Pascoal

Gênio da música brasileira, Hermeto sempre foi confundido com Sivuca. Ele conta, no entanto, que em uma oportunidade alguém perguntou ao "Sivuca" se ele conhecia um baixista e Hermeto que precisava de grana, se aventurou a tocar o instrumento pela primeira vez. Terminou a noite com bolhas nos dedos, mas com dinheiro no bolso.

Créditos:

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários