Com música de Diplo, drag brasileira Pabllo Vittar lança disco de estreia

Fabiano Alcântara

Por

Atualizado em 12/01/2017

Pabllo Vittar

Marlon Brambilla Pabllo Vittar

Leia mais

Se você tem preconceito contra gays, 2016 deve ter sido um ano difícil para você. Enquanto Liniker, de gênero fluido, arrastou multidões e as travestis de As Bahias e A Cozinha Mineira conquistaram atenção midiática internacional, como quando foram destacadas pelo El País, muitos jovens perceberam que há uma luz no fim do túnel. Outros, especialmente os mais pobres não tiveram a mesma sorte e acabaram entrando para a estatística de país que mais mata gays no mundo. O ano que começa não será diferente.

Com um dream team de produtores e compositores, incluindo Diplo, a drag Pabllo Vittar, acaba de lançar seu disco de estreia no iTunes e no YouTube e o trabalho chega, no dia 13, nas demais plataformas digitais.

Vai Passar Mal tem produção do duo Brabo, formado por Rodrigo Gorky, do Bonde do Rolê, e do produtor Maffalda. Rico Dalasam, pioneiro do rap gay no Brasil, participa, assim como Mateus Carrilho, da Banda Uó, e Lia Clark.

 Então Vai foi composta e produzida pelo estadunidense Diplo. O disco foi mixado e masterizado no The Castle Studios, em Los Angeles, por Gorky e Turbotito, que já trabalhou com Azealia Banks e Ke$ha.  Muito além do lacrou, tombou e “ahazou”, os gays dominam o pop.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários